“Palavra de Especialista” – Obesidade será genética?

Tema: Obesidade será genética?

Recuperamos um artigo escrito em 2013 pelo nosso Professor José Maciel, super atual e que nos faz refletir sobre um “problema” que nem sempre achamos se está ou não relacionado com a genética e que afeta várias faixas etárias da nossa sociedade.

“O verão chegou, e nesta altura todos nós pensamos em roupas mais leves, frescas e reduzidas, olhamo-nos ao espelho e surgem logo uma avalanche de questões, dúvidas; “eu devia ter feito mais desporto… devia ter ido para o ginásio… não devia ter comido tanto”, etc.

Contudo, e por vezes, não são só os hábitos alimentares que nos deformam, mas também os comportamentais e vida moderna cada vez mais sedentária.
Dos problemas associados à obesidade, defendem as organizações que estudam estas questões, só um por cento se deve à questão genética. Os filhos de pais obesos têm altas probabilidades de virem a conviver com o mesmo problema, nesse caso terão de ter um comportamento compensador, muito cuidadoso e bastante envolvido no meio desportivo para assim desenvolverem um metabolismo distinto. Contudo o ambiente obesogénico, cada vez mais presente nas nossas vidas, é um dos factores, segundo os investigadores, de maior responsabilidade na proliferação da obesidade. Por maior esforço que façamos para adoptar uma alimentação saudável lá aparece um bolo tentador, uma francesinha, um cheiro ao virar da esquina, o que desata a vontade de comer. Esta abundância de alimentos com novos e atrativos sabores acarreta um acréscimo calórico que se vai transformar em gordura pois na sua maior parte das vezes ingerimos estes alimentos para satisfazer a gula e não por necessidade calórica.

obesidade1

O facto de cozinharmos cada vez menos em casa leva a que estejamos expostos aquilo que o mercado disponibiliza, embora existam alguns estabelecimentos que resistem a estas comidas plásticas ou estilo fast food. Contudo, esta tentativa de partir para uma orientação mais dietética e saudável, não sai rentável para quem investe.

Uma vida desportiva controla, de forma bastante favorável, estes comportamentos, pois convivemos com outras pessoas que partilham os mesmos ideais e que fortalecem os nossos. Este estado comportamental leva-nos a cuidar mais da nossa imagem, a gostar mais de nós, os resultados já são visíveis, o trabalho já compensa e aumenta a nossa força de vontade, a nossa auto-estima. Pensar em fazer uma refeição mais cuidada para compensar o trabalho feito no ginásio ou simplesmente para termos uma vida mais saudável, torna-se um gosto e um habito, com o tempo uma rotina saudável.”

(retirado de: https://nortefit.blogspot.pt/2013/06/obesidade-sera-genetica.html)

Expert Nutrition
Prof . José Maciel

 

2 comentários em ““Palavra de Especialista” – Obesidade será genética?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s